Insira sua pesquisa e pressione ENTER

União Europeia investigará fusão da Embraer com a Boeing

A União Europeia afirmou que irá investigar a fusão da Boeing com a Embraer por suspeita de irregularidades. O acordo saria à Boeing uma posição no mercado de aviões com preços menores, permitindo competir melhor com os jatos CSeries projetados pela Bombardier do Canadá e apoiados pela rival europeia Airbus SE.

A medida aumenta a pressão sobre a Boeing para oferecer concessões para tratar de questões de concorrência, já que a Comissão Europeia estabeleceu o prazo de 4 de outubro para sua análise preliminar do acordo. Segundo uma fonte com conhecimento direto do acordo, que foi informado pela Agência Reuters, os questionamentos envolveram o impacto do número reduzido de empresas, de sete para seis e de três para dois em vários segmentos.

O anúncio das negociações entre as duas gigantes da aviação comercial, há pouco mais de um ano, em dezembro de 2017. Ele causou protestos e preocupação entre sindicatos de trabalhadores da Embraer e políticos de bandeira nacionalista, por causa do temor de que todas as instalações da empresa com sede em São José dos Campos fossem fechadas e transferidas para os Estados Unidos.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *