Insira sua pesquisa e pressione ENTER

TWITTER VENDEU DADOS PARA PESQUISADOR LIGADO A ESCÂNDALO DA CAMBRIDGE ANALYTICA

Uma publicação feita no domingo (29.04) pelo site Bloomberg indicou que Aleksandr Kogan, responsável por desenvolver o teste de personalidade que coletou 87 milhões de dados sobre usuários do Facebook e vende-los para a Cambridge Analytica, também comprou informações do Twitter. A venda dos dados aconteceu enquanto o pesquisador ainda controlava a Global Science Research (GSR). 

O Twitter declarou em nota que fez levantamentos sobre as informações que foram vendidas a GSR e garantiu que a empresa não teve acesso a nenhum dado privado de seus usuários. De acordo com o comunicado, o caso teria acontecido há cerca de três anos atrás. “Em 2015, a GSR obteve acesso à API de uma amostra aleatória de tuítes públicos de um período de cinco meses, de dezembro de 2014 a abril de 2015”, informou o Twitter. 

O Twitter alegou também que todas as informações compradas pela GSR foram pagas em uma transação de forma pública e que não viola a privacidade de seus usuários e a integridade da rede social, diferentemente do que aconteceu com o Facebook. Além disso, o Twitter também declarou que já removeu a Cambridge Analytica da lista de suas afiliadas de anunciantes. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *