Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Trabalho sem carteira bate recorde, diz IBGE

O número de trabalhadores sem carteira assinada ou trabalhando por conta própria aumentou no trimestre encerrado em outubro, fazendo com que a taxa de desemprego permanecesse estável. Foi isso que informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No período, foram registrados 11,9 milhões de trabalhadores sem carteira assinada e 24,4 milhões por conta própria, sendo que a taxa de informalidade fechou em 41,2%, estável em relação ao trimestre anterior. Esta, que inclui empregados domésticos sem carteira e empregados sem Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).

No trimestre encerrado em outubro, a taxa de desemprego foi de 11,6%, contra 11,8% no trimestre imediatamente anterior. Na comparação com o trimestre encerrado em julho, o único setor que ampliou as contratações foi a construção, com crescimento de 3% no número de empregados.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *