Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Tecnologia pode ser “passaporte” para o exterior

Muitos profissionais brasileiros de TI estão sendo requisitados por companhias da Europa e Estados Unidos, sendo que a concessão de vistos também aumentou para profissionais, de acordo com o que informou o It Fórum. De acordo com Wagner Pontes, CEO da assessoria legal imigratória D4U USA, existe incentivo por parte dos americanos para receber profissionais das áreas STEM – ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

“Só para entender o tamanho do drama americano, existia, em 2020, um déficit na ordem de 1,4 milhão de profissionais nas áreas de tecnologia. Percebo que muita gente ainda fica presa aos vistos de trabalho, de estudantes e coisas do tipo, mas existem 187 caminhos possíveis para realizar o sonho de morar nos Estados Unidos, e cada casa é um caso”, afirma o Dr. Pontes.

A falta do domínio de algum idioma, segundo Samantha Molina, recrutadora do PageGroup, não deve ser motivo para desistências. “Algumas empresas alemãs, por exemplo, permitem ao candidato a vivência de um ano no país para a aprendizagem da língua”, e completa, “basta que os profissionais sejam verdadeiros no currículo, dando clareza às atividades/responsabilidades assumidas, formação e proficiência de outros idiomas”.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *