Insira sua pesquisa e pressione ENTER

SUS DA SEGURANÇA PÚBLICA AGUARDA SANÇÃO DO PRESIDENTE PARA OPERAR

O Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), equivalente ao SUS, que foi aprovado com urgência na Câmara dos Deputados e no Senado, aguarda a sanção do Presidente Michel Temer para começar a operar. O projeto tem o objetivo de unificar as polícias e os sistemas de segurança do país. 

O SUSP passará a integrar as ações e dados de todos os órgãos do país no que se refere a questão da segurança pública. As operações serão divididas em três esferas, a nível federal com a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Guarda Portuária e Secretarias nacionais de Segurança Pública, de Proteção e Defesa Civil e de Política sobre Drogas .

Em nível estadual, farão parte as Polícias Civis e Militares, Corpo de Bombeiros, institutos de criminalística, medicina legal e identificação, órgãos dos sistemas penitenciário e socioeducativo e secretarias estaduais de Segurança Pública. Já as esferas municipais contarão com as guardas municipais e os agentes de trânsito. 

O Sistema será comandado pelo Ministério extraordinário da Segurança Pública, na figura do Ministro Raul Jungmann, que ficará responsável pela orientação dos órgãos inclusos, bem como a qualificação dos agentes e realização de estudos sobre as operações. Os dados deverão conter Ocorrências policiais e outros dados da segurança pública e defesa social, sistema prisional e execução penal, rastreamento de armas e munições, banco de dados de perfil genético e digitais e informações sobre o tráfico de drogas ilícitas. 

Contudo, existem dois empecilhos que estão atrasando o projeto e põem em risco sua atividade. Não se sabe ao certo até quando a pasta que regulamenta e organiza a ação vai continuar existindo, visto que foi criada em caráter extraordinário, também há dúvidas se o Ministério vai conseguir levantar os recursos necessários para a implantação e manutenção do SUSP. 

(Equipe do Site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *