Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Só segurança jurídica pode garantir transformação digital sem bugs

De acordo com Rodolfo Fücher, que é presidente da Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES), a transformação digital sem bugs só será possível com segurança jurídica. Ele escreveu um texto no portal do It Fórum, onde explicou, entre outras coisas, que Bug é um termo muito conhecido no universo da tecnologia e diz respeito à uma falha na execução de um programa.

“Sabemos que o desenvolvimento exponencial que buscamos para o país passa pelo uso intensivo de novas tecnologias, como a Internet das Coisas, a Inteligência Artificial, a Computação em Nuvem, Manufatura Avançada, Big Data e os mais variados tipos de soluções, aplicativos e plataformas. As mudanças positivas projetadas são importantes para toda a sociedade brasileira. Aumentar os custos do acesso a essas tecnologias prejudica o futuro do Brasil”, comenta.

Para o especialista, o bug da insegurança jurídica continua rondando o setor de TIC, a transformação digital do Brasil e o bem-estar da nossa população. “A avaliação da transformação digital do país realizada pela OCDE, intitulada A Caminho da Era Digital no Brasil, destacou os avanços e indicou que o “Brasil poderia repensar suas atuais políticas de apoio as empresas, em especial as relacionadas a despesas tributárias, e não se concentrar tanto em setores específicos, mas criar políticas preocupadas em promover uma ampla difusão das tecnologias digitais em todos os setores”. Isso significa reconhecer a transversalidade do setor de TIC e apoiar a transformação digital. Seria esse o caminho? Precisamos levar essa sugestão a sério”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *