Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Simers participa do 4º Forum Gaúcho do Desenvolvimento Econômico

O presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Marcos Rovinski, participou nesta sexta-feira, 27, do 4º Fórum Gaúcho do Desenvolvimento Econômico, na Saba, em Xangri-Lá, no Litoral Norte do Estado. O tema abordado neste ano foi: oportunidades e financiamentos, com foco nas discussões sobre o 5G, os desafios da agropecuária em 2022, o desenvolvimento da infraestrutura e o papel dos bancos. No encontro, o presidente da entidade médica pode se reunir com o governador do RS, Eduardo Leite, e entregar pasta com a apresentação da gestão 2022/2024 do Sindicato, projetos e prioridades e encaminhamento de pautas relacionadas à Saúde e à categoria médica.

“O governador Eduardo Leite recebeu nosso material, disse que o iria analisar com sua equipe e oportunamente se posicionará”, observou Rovinski. O presidente do Simers aproveitou sua participação no evento para conversar com prefeitos, parlamentares e lideranças políticas e alertar sobre a importância da atenção à saúde e aos profissionais médicos, em todos os debates e planejamento estratégico de gestão no RS.

No material entregue ao governador Eduardo Leite constava: a rediscussão do status atual do IGP, com aumento da autonomia do DML; integração dos Postos Médico-Legais do Interior com o DML da capital, alterando a situação atual de subordinação ao Departamento do Interior do IGP; aumento do número de peritos médicos-legistas suprindo as defasagens ora existentes, com reabertura dos postos fechados por falta de pessoal, e autonomia financeira e administrativa para o DML. Também, a contratação de médicos, entre os quais psiquiatras, em concurso público com remuneração adequada.

Outras reivindicações são a sustação do atual concurso aberto com remuneração considerada aviltante, rediscussão e modificação da política antimanicomial, com aumento de número de leitos psiquiátricos (déficit de 2500 leitos presentemente), bem como a atenção ao IPF com aumento do número de médicos e tratamento à instituição como de uma unidade hospitalar diferenciada e de segurança.

O Fórum realizado, desde 2018, pela Rede Pampa possui a tradição de incentivar as discussões que possibilitem o crescimento do Rio Grande do Sul e do Brasil. De acordo com o vice-presidente do grupo de comunicações, Paulo Sérgio Pinto, o evento é fruto de uma série de outras ações da empresa em prol de avanços para o Estado.

“O Fórum Gaúcho do Desenvolvimento Econômico faz parte de um todo que se chama Projeto RS Sustentável, que completa 11 anos. Nesses 11 anos, nós já realizamos 21 eventos entre seminários e encontros. Promovemos também premiações. Então, são quatro fóruns, mas tem todo um aparato atrás para chegar nesse momento dos Fóruns de Desenvolvimento”, destacou o vice-presidente da Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto.

(fonte: imprensa SIMERS)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *