Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Rombo nas contas externas sobe 83% até setembro

As contas externas do Brasil chegaram a US$ 34,05 bilhões de déficit de janeiro até setembro, totalizando um aumento de 83,4% no rombo em comparação com o mesmo período do ano anterior. Em 2018, o resultado negativo foi de US$ 18,566 bilhões, segundo os dados divulgados pelo Banco Central. 

O déficit em transações correntes é formado pelo comércio de produtos entre o Brasil e outros países, pelos serviços adquiridos por brasileiros no exterior e pelas remessas de juros, lucros e dividendos do Brasil para o exterior. Nesse cenário, o resultado de 2019 foi o pior para o período de janeiro a setembro desde 2015. 

Os fatores apontados pelo Banco Central foram piora do saldo positivo da balança comercial, o aumento das remessas de lucros e dividendos ao exterior e das remessas de juros. Somente em setembro, o resultado foi negativo em US$ 3,49 bilhões, o pior para o mês desde 2014, sendo que os investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira somaram US$ 47,519 bilhões de janeiro a setembro. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *