Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Privacidade pode ser garantida na IoT

A privacidade do usuário pode ser garantida na Internet das Coisas (IoT), segundo o estudo After the Rainfall of IoT Regulations, da KPMG. De acordo com o estudo, as legislações sobre o assunto devem incentivar os fabricantes a pensar em maneiras mais seguras na hora de desenvolver produtos nessa linha.

Segundo a KPMG, “fabricar produtos de consumo seguros e protegidos é o que permitirá que os fabricantes de amanhã criem confiança no cliente, ganhem vantagem competitiva e aumentem sua participação no mercado”.

Para Dustin Pozzetti, sócio-líder do setor de tecnologia, mídia e telecomunicações da KPMG no Brasil, em nota oficial à imprensa, um aumento na coleta de informações ocasiona riscos potenciais à segurança dos dados. “Esse é um mercado em plena transformação, com muita inovação embarcada e que a segurança relacionada aos dados coletados seja endereçada de acordo com os requisitos necessários gerando transparência e confiança a todos os entes envolvidos nessa jornada”, completa Marcelo Ribeiro, sócio-diretor líder em regulação no setor de tecnologia, mídia e telecomunicações da KPMG no Brasil.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *