Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Presidente da OAB faz discurso sórdido e leva chinelada de Moro

Felipe Santa Cruz, militante de esquerda e advogado rico, novamente abriu a caixa de ferramentas e atacou o presidente Jair Bolsonaro e todos aqueles que apóiam o governo.

Segundo a revista Época, que esteve em um café da manhã promovido por ele, Santa Cruz disse que quem apoia o governo federal “tem desvio de caráter” e afirmou “não duvidar” da participação da família Bolsonaro no caso Marielle.

“Estou convencido, e vou falar uma coisa dura. Quem segue apoiando o governo é porque tem algum desvio de caráter”, disse Santa Cruz.

Ele também afirmou que este é o pior momento na história da relação entre a OAB e o Ministério da Justiça. “Não tem diálogo nenhum. Nem na ditadura isso acontecia”.

No Twitter, o ex-juiz da Lava Jato Sérgio Moro respondeu com uma categórica chinelada:

“Tenho grande respeito pela OAB, por sua história, e pela advocacia. Reclama o Presidente da OAB que não é recebido no MJSP (Ministério da Justiça e Segurança). Terei prazer em recebê-lo tão logo abandone a postura de militante político-partidário e as ofensas ao PR e a seus eleitores”.

Em agosto, Felipe Santa Cruz perdeu um contrato milionário que mantinha com a Petrobras. De lá para cá, ele tem radicalizado o discurso.

Não duvidamos, como ele gosta de dizer, que seja síndrome de abstinência.

E aos poucos a OAB, outrora entidade respeitável e ouvida, caminha para o desprezo e a irrelevância, conforme apontamos em reportagem de fevereiro (Alinhada ao discurso dos corruptos, OAB colherá desprezo dos brasileiros – 08.02.2019).

De lá para cá a imagem da entidade só piorou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *