Insira sua pesquisa e pressione ENTER

PREFEITO DE CURITIBA PEDE QUE JUSTIÇA INTERVENHA CONTRA VIGÍLIA PRÓ-LULA

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) informou na quarta-feira (09.05) que encaminhou um pedido a Justiça Federal solicitando a retirada dos militantes que estão acampados perto da sede da Polícia Federal (PF). De acordo com o prefeito, o monitoramento realizado pela Polícia Militar e pela Guarda Municipal a fim de manter a segurança do local tem um custo de R$ 10 mil por dia. 

O prefeito afirmou em entrevista ao Jornal da Eldourado que já havia conversado com desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que tem sede em Porto Alegre, para explicar a situação atípica a qual a capital paranaense foi submetida após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.  

“Isso custa dinheiro, mas os ânimos estão acirrados. O PT e o MST colocam em antipatia a população civil de Curitiba. Tudo que for preciso para proteger os moradores eu vou fazer. A Justiça não tem direito de criar desarmonia na minha cidade”, declarou. 

Os militantes acampados em Curitiba fazem parte do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do PT. A movimentação em volta da sede da PF iniciou desde 7 de abril quando Lula começou a cumprir sua pena de 12 anos em regime fechado sob a condenação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex de Guarujá. 

(Equipe do site)

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *