Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Preços dos materiais de construção sobem 33%

Os preços dos materiais de construção registraram alta acumulada recorde de 32,92% no período de julho de 2020 a junho de 2021, de acordo com informações do Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI). Ao incluir o custo de mão de obra e de serviços, a alta registrada é menor, de 17,34%, mas ainda muito acima da inflação oficial (8,35%).

Levando em conta os dados do estudo, tubos e conexões de ferro e aço têm alta de 91,66%; vergalhões e arames de aço ao carbono 78,35%; condutores elétricos 76,19%; tubos e conexões de PVC 64,91%; eletroduto de PVC: 52,06%; esquadrias de alumínio 35,21%; tijolo/telha cerâmica 33,82%; compensados 30,47%; cimento portland comum 27,62% e produtos de fibrocimento 26,96%.

“O setor continua crescendo, mas ele poderia crescer bem mais se não fosse esse problema de aumento dos insumos”, disse José Carlos Rodrigues Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) ao jornal Estadão.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *