Insira sua pesquisa e pressione ENTER

PEQUENOS NEGÓCIOS APOSTAM EM NOME FANTASIA COMO DIFERENCIAL

A pesquisa “O Registro da Marca nos Pequenos Negócios”, promovida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), indicou que três em cada quatro pequenos negócios no Brasil têm um nome fantasia. O levantamento foi realizado com 4.002 empresários e revelou também que grande parte das pequenas empresas tem uma logomarca própria.

No entanto, a pesquisa mostrou que apenas 19% dos pequenos negócios procuraram registrar sua marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), que é o órgão responsável por conceder o registro de exclusividade do seu nome. O segmento das microempresas (ME) foi onde o uso do nome fantasia mais predominou, com 84%.

Os microempreendedores individuais (MEI) também estão adotando esta prática, sendo que 68% responderam que procuram apostar no nome fantasia, enquanto as Empresas de Pequeno Porte (EPP) somam 83%. Além disso, três em cada cinco (59%) empresas entrevistadas já trabalham com uma logomarca própria, um percentual pequeno entre os MEI (42%).

“Registrar a marca é fundamental para garantir a exclusividade do uso, além de proteger sua identidade frente ao mercado. Para os pequenos negócios, representa, na prática, um diferencial competitivo com resultados reais que impactam favoravelmente o relacionamento com os clientes. Toda empresa deve cuidar do seu patrimônio imaterial”, ressalta o diretor técnico do Sebrae, Vinicius Lages.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *