Insira sua pesquisa e pressione ENTER

PARTIDOS TRADICIONAIS DIMINUEM NÚMERO DE CANDIDATOS   

 

Dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informaram que as siglas mais tradicionais do país, como PT, PSDB, MDB, PDT e PSB, reduziram o número de candidaturas registradas em 2018, em relação à última eleição. Em contrapartida, os partidos menores registraram um número maior de candidaturas esse ano.  

Como exemplo de partido de menor visibilidade que aumentou o número de registros de candidaturas está o PSL, do candidato à presidência da República Jair Bolsonaro, que apresentou 1451 candidatos, um aumento de mais de 74% em relação às eleições de 2014. Segundo os analistas, esse aumento em específico se deve a popularidade de Bolsonaro e das estratégias de engajamento nas redes sociais. 

Dentre os 35 partidos que existem no Brasil, 12 deles afirmaram ter mais candidatos nas eleições gerais do que no último pleito. Nesse cenário, PSL, PROS, Avante, Podemos, PRB, Solidariedade, PMN, PCO, PSOL, Patriota, PRTB e PPL foram os que aumentaram o número de candidaturas registradas. 

Além disso, os partidos Rede, Novo e PMB, que, juntos, somam 1.606 candidaturas estão estreando a nível nacional. No entanto, os podem sofrer alterações até o próximo dia 20, quando as informações estarão totalmente atualizadas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *