Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Número de desempregados passa de 40 milhões

O mercado de trabalho voltou a fechar vagas na segunda semana de julho e agora já são 40,5 milhões de desempregados no País, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Covid (Pnad Covid), divulgada nesta sexta-feira, 31, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a pesquisa, a pandemia do novo coronavírus tem impacto direto neste número.

Quase a totalidade dos 2,8 milhões de postos de trabalho cortados na comparação com o início de maio foi perdida entre meados de junho e a segunda semana de julho, mostram os dados do IBGE. Paras os economistas, esse número não é uma explosão e o desemprego deve aumentar à medida em que o comércio vá reabrindo.

Isso porque, só é considerado desempregado quem está sem uma vaga e faz algo para procurar, o que está sendo impedido pelo isolamento social. Na segunda semana de julho, eram 28,265 milhões fora da força de trabalho, mas que gostariam de trabalhar, 1,212 milhão a mais do que na primeira semana de maio.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *