Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Nota de risco do Brasil deve melhorar neste trimestre

A atual previsão de aceleração do Produto Interno Bruto (PIB) do País está fazendo com que os especialistas acreditem em uma melhora na nota de risco do Brasil ainda neste trimestre. De acordo com a codiretora de rating soberano para as Américas da Fitch Ratings, Shelly Shetty, uma recuperação da economia brasileira é esperada para 2020.

“Com a aprovação da reforma da Previdência, o Brasil mudou de patamar e a nota não ficou coerente com tudo que se avançou na agenda”, ressalta o ex-secretário do Tesouro Nacional e atual economista-chefe do ASA Bank, Carlos Kawall.

Além disso, a S&P indicou em dezembro que poderá elevar o rating soberano do Brasil. “Há uma crescente chance de uma melhora do rating soberano no primeiro semestre”, afirmam os economistas do banco americano Citi.

Kawall diz acreditar que, no primeiro trimestre, a Fitch pode alterar a perspectiva para positiva. “Apostaria em upgrade mais para o final do ano. Há reformas importantes tramitando no Congresso. Eu, no lugar deles (agências), observaria mais a economia, se é mais para 2% ou 2,5% ou se vai frustrar”, completa.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *