Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Mulheres são subrepresentadas no meio digital

As mulheres continuam subrepresentadas no setor de tecnologia, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que apontou que somente 20% dos profissionais de TI são do sexo feminino e apenas 20% das mulheres ingressam em cursos de tecnologia e 79% desistem no primeiro ano da faculdade. As informações foram publicadas no portal especializado Whow!.

“São inúmeras as barreiras que impedem as mulheres de acenderem no mercado de tecnologia. A primeira delas tem a ver com o estímulo que recebemos”, comenta Carine Roos, cofundadora da Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria (ELAS), uma escola de liderança e desenvolvimento voltada para mulheres. “Desde pequenas não somos estimuladas a ter um raciocínio mais analítico e lógico. As meninas ganham brinquedos mais relacionados com o cuidado – como, por exemplo, brincar de casinha”, completa.

No entanto, alguns dados pontuais mostram que há um número crescente de mulheres interessadas em tecnologia. “Levantamento realizado pela Gama Academy, escola que capacita estudantes e profissionais para o mercado digital, indica que houve um aumento de 50% no número de profissionais capacitadas em áreas de tecnologia em 2019, no comparativo com 2018. A áreas de Desenvolvimento Front-End, UX/UI Design e Growth Hacking foram as que mais tiveram adesão de mulheres ao longo do ano passado, informa a escola”, concluiu o portal.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *