Insira sua pesquisa e pressione ENTER

MPF irá investigar aplicativos de mensagens

O Ministério Público Federal (MPF) abriu um inquérito contra aplicativos de mensagens e redes sociais no Brasil para descobrir como o WhatsApp, Telegram, Facebook, Instagram, Twitter, TikTok e YouTube lidam com notícias falsas e violência digital. As informações são do site Convergência Digital.

Nessa etapa inicial, de acordo com o portal, as plataformas precisarão detalhar quais condutas violam suas regras e termos de uso, além de indicar os canais disponíveis para denúncias. Um dos elementos centrais que a investigação abordará é o financiamento da disseminação de conteúdos falsos. “Até mesmo por recorrentemente serem guiadas econômica ou politicamente, tais práticas organizadas de desinformação devem ser compreendidas como formas de propaganda, e como tais devem se submeter a controle e regulação”, alerta o MPF.

“Estes elementos de desinformação, quando disseminados em larga escala no ecossistema da internet, engendram cenários de ‘desordem informacional’ ou ‘caos informativo’, com potenciais efeitos danosos para a compreensão de certos fatos pela população, pertinentes à eficácia de ações de saúde pública, à proteção do meio ambiente e mesmo ao funcionamento das instituições democráticas do país”, destaca o MPF na portaria de instauração do inquérito.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *