Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Juro alto limita expansão no microcrédito

A alta taxa de juros está atrapalhando o plano do governo de ampliar o número de instituições financeiras atuando em microcrédito. Essa iniciativa é uma atitude do governo federal para estimular a economia brasileira.

Nesse cenário, podem acessar o microcrédito pessoas ou empresas com faturamento anual de R$ 360 mil, a faixa na qual se enquadram as microempresas. O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, afirmou no dia do lançamento da MP esperar que 10 milhões de novos contratos de microcrédito sejam fechados até 2022.

Segundo o Banco Central, o saldo de microcrédito para MEIs e MPEs (micro e pequenas empresas) ficou em R$ 1,3 bilhão no primeiro semestre. Isso significa uma alta de 5,6% ante igual período de 2018 e o saldo para pessoas físicas foi de R$ 5,6 bilhões, avanço de 15,1%, sendo que o microcrédito representa menos de 1% do total de empréstimos feitos no país.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *