Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Irregularidades em benefício para idosos chega a R$ 3,3 bi, diz CGU 

De acordo com o novo relatório da Controladoria-Geral da União (CGU), existem algumas irregularidades nos pagamentos do Benefício de Prestação Continuada (BPC) no ano passado, com custo mensal de R$ 277 milhões, o que corresponde a um valor anual estimado de R$ 3,3 bilhões. “O total de benefícios identificados (com irregularidades) representa cerca de 5,7% dos BPC presentes na folha de pagamentos avaliada”, diz o relatório. 

“Existem fragilidades na gestão e na operacionalização do Benefício de Prestação Continuada, especialmente em relação à concessão, manutenção e revisão dos benefícios, situação identificada a partir de cruzamento de informações registradas em sistemas”, afirma o documento. 4

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *