Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Inteligência Artificial pode vir com dilema ético

A implementação da inteligência artificial nas empresas pode estar associada a um dilema ético que compete uma preocupação na forma como os dados são utilizados para fins de processos automatizados. “Embora existam projetos de leis complementares em discussão na Câmara e no Senado que abordam os princípios, direitos e deveres para estabelecer o uso de inteligência artificial no Brasil, ainda não há regulamentações específicas, o que reforça a questão da ética das empresas em sua utilização”, comenta o portal especializado Whow!.

De acordo com o Capgemini Research Institute, centro de estudos interno da multinacional de serviços de consultoria, 70% dos clientes esperam que as organizações forneçam interações de IA que sejam transparentes e justas. Outro dado relevante do levantamento é o que aponta um crescente descrédito dos consumidores com as empresas no sentido de uma total transparência no uso dos dados, que era de 76% em 2019 e agora diminuiu para 62%.

“A transparência em relação ao uso da IA diminuiu. Embora 73% das organizações globalmente tenham informado os usuários sobre as maneiras pelas quais as decisões de IA podem afetá-los em 2019, hoje, esse número caiu para 59%”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *