Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Instituição do Senado vê estouro do teto dos gastos em 2021

A Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado Federal, no mais recente relatório de acompanhamento fiscal, indicou que o teto de gastos deve estourar em 2021. O órgão revisou para R$ 95,8 bilhões o déficit primário estimado do governo central para este ano, antes calculado em R$ 139 bilhões.

De acordo com o diretor executivo da IFI, Felipe Salto, questões como juros baixos, devoluções do BNDES e receitas extraordinárias “melhoraram as projeções da dívida”. Salto ressaltou que “é importante encaminhar soluções para o quadro fiscal antes do avanço de medidas de longo prazo”, completa o especialista.

A IFI manifestou preocupação com a trajetória fiscal do País sem a aprovação das reformas fiscais, enviadas ao Congresso. A PEC emergencial cria mecanismos de controle de despesas públicas para União, Estados e municípios, como a redução da jornada e do salário de servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *