Insira sua pesquisa e pressione ENTER

INSS acrescenta 25% na aposentadoria 

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) que precisam de assistência permanente de outra pessoa podem ter acréscimo de 25% no valor da aposentadoria. Pelo menos é isso que garante o artigo 45 da Lei de Benefícios. 

O texto diz que o acréscimo será devido “ainda que o valor da aposentadoria atinja o limite máximo legal; será recalculado quando o benefício que lhe deu origem for reajustado; cessará com a morte do aposentado, não sendo incorporável ao valor da pensão”. 

Essas situações podem ser definidas por uma série incapacidades previstas no mesmo artigo do regulamento. Como cegueira total, perda de ao menos nove dedos das mãos, paralisia dos dois membros superiores ou inferiores, dentre outros. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *