Insira sua pesquisa e pressione ENTER

IA depende de união da academia com mercado

A pesquisa de ponta em Inteligência Artificial (IA) depende de uma união entre a academia e o mercado no Brasil, de acordo o que afirmou Reinaldo Bianchi, professor do Departamento de Engenharia Elétrica da FEI, durante o Brazilian Conference on Intelligent System (o BRACIS 2021). As informações foram divulgadas pelo It Fórum.

“Nós somos, no Hemisfério Sul, a maior comunidade de IA. Há uma comunidade semelhante à nossa na Austrália, porém todo o desenvolvimento é no Hemisfério Norte. Na América Latina, a Argentina tem um pouco de relevância, mas por problemas econômicos, isso foi diminuindo”, cita Reinaldo exemplificando a importância da combinação entre acadêmicos e profissionais de mercado.

Segundo ele, o Brasil hoje equivale aos países “pobres” europeus. “Nós não somos um país rico, mas estávamos entre os países com alguma relevância. A nossa preocupação, hoje, é a quantidade de profissionais que estão indo embora”, frisa ele.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *