Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Guedes volta a citar imposto sobre transações

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a citar e a defender a criação de um imposto sobre transações financeiras, alegando que este tributo criaria mais empregos e aumentaria a arrecadação nacional. Para Guedes, o presidente Jair Bolsonaro está consciente da importância da reforma tributária e sabe que não é possível fazer o país crescer subindo alíquotas de impostos existentes hoje. 

“Ora, nós precisamos de uma base tributária diferente. Com a base que temos hoje, nós vamos aumentar os impostos, mas nós queremos reduzir os impostos. […] Nós temos que botar para pagar quem não está pagando, quem está sonegando. E o imposto de transação pega tudo que se move”, disse. 

Além disso, ele afirmou que o Ministério da Economia trabalha em conjunto com o Congresso para elaborar uma proposta de reforma tributária. “Evidentemente, quando as pessoas falam de CPMF, o presidente fala que não. Porque realmente não é CPMF que a gente quer, é um imposto sobre transações diferente desse. Mas, para que não haja mal-entendido, morreu em combate o nosso valente Cintra”, afirmou. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *