Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Greve dos caminhoneiros continua, mesmo com pedido de Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez um apelo para que os caminhoneiros não bloqueiem as rodovias federais, de acordo com informações divulgadas pelo portal Agrolink. No entanto, os caminhoneiros seguem com as manifestações em, pelo menos, 15 estados brasileiros.

Segundo as informações, Bolsonaro gravou um áudio chamando os manifestantes de “aliados” e e dizendo que a greve “atrapalha nossa economia”. “Fala para os caminhoneiros aí que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Dá um toque nos caras aí para liberar. Deixa com a gente em Brasília aqui agora. Não é fácil negociar com outras autoridades, mas vamos fazer nossa parte, vamos buscar uma solução para isso”, disse.

A greve começou na quarta-feira, dia 8 de setembro. As lideranças da categoria não endossam os bloqueios dos caminhoneiros, mas informam que boa parte das paralisações é organizada por grupos que apoiam o governo.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *