Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Governo tentará reverter perdas da Previdência

A equipe econômica do ministro Paulo Guedes irá fazer um corpo a corpo para tentar reverter no Senado Federal a desidratação imposta pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) ao projeto de PEC da Previdência aprovada na Câmara dos Deputados. Em evento com empresários no Nordeste, o ministro disse lamentar a desidratação no texto.

O relator da proposta, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), excluiu da proposta a definição do critério de renda para o recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. Nesta semana, Jereissati resgatou a vinculação de todas as pensões por morte ao salário mínimo, independentemente da renda do beneficiário.

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o governo vai trabalhar para reverter as mudanças. “O governo espera reverter parte ou todas as desidratações no plenário. Esperamos que pelo menos não haja novas desidratações ao texto”, disse.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *