Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Governo manterá reajuste de servidores

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o Governo Federal irá manter o reajuste dos servidores públicos, que implicará em um gasto extra de R$ 4,7 bilhões neste ano. De acordo com a equipe, a medida provisória que tratava do tema não foi votada pelo Congresso e perdeu a validade na última semana.

O secretário especial adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Gleisson Rubin, indicou que o governo não fará novas tentativas de atrasar o reajuste. Além disso, ele explicou também que, como os aumentos já estão sendo pagos, só seria possível reverter o quadro por meio de uma suspensão, o que não é permitido em situações ordinárias.

“No governo federal, não estamos nesse patamar”, disse o secretário à Folha de São Paulo. “Não tem mais como [adiar o reajuste]”, completa. Para o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, isso pode fazer com que os sindicatos encontrem resistência nas negociações indefinidas.

“A gente tem que fazer as negociações com os sindicados. Não tem uma posição definida, se vai haver reajuste, se não vai haver, qual o porcentual”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *