Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Gás natural deve ser o próximo alvo de aumento da Petrobras 

A Petrobras anunciou, nesta manhã de segunda-feira, que irá elevar o preço do gás natural vendido nas distribuidoras em uma média de 39%. Esse aumento valerá a partir de 1º de maio e engloba todos os consumidores. “Os preços de venda de gás natural para as distribuidoras terão aumento de 39% em R$/m³, com relação ao último trimestre. Medido em US$/MMBtu, o aumento será de 32%“, diz a nota da companhia. 

A companhia disse que precisa fazer os reajustes por que isso está estabelecido na sua política de preços. Esse aumento deve-se, principalmente, à recente valorização das cotações do petróleo no mercado internacional, à taxa de câmbio e ao índice inflacionário IGP-M, associado à parcela de transporte nos contratos. 

Para a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), a alta será repassada para o consumidor sem que exista “qualquer ganho decorrente desse aumento”. “Os aumentos no preço do gás natural não trazem benefícios para as distribuidoras, ao contrário, acabam tirando competitividade do gás natural em relação a outras fontes de energia como a gasolina, óleo combustível, GLP e eletricidade”, diz o comunicado. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *