Insira sua pesquisa e pressione ENTER

FUSÃO DA ECONOMIA QUASE NÃO ALTERA SECRETARIAS

O Ministério da Economia foi criado pelo atual ministro, Paulo Guedes, o superministério ainda não extinguiu o número atuais de secretarias. De acordo com o ministro, a pasta otimizada só será efetivada e entrará em vigor somente no fim no mês de janeiro, pois precisa passar por um período de transição.

O novo ministério, criado por meio de medida provisória, que tem vigor imediato, reúne as antigas pastas da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e Comércio Exterior (Mdic), além de partes do Ministério do Trabalho. Anteriormente a Fazenda contava com oito secretarias, o Planejamento dez e a Indústria, oito. Agora, o ministério terá sete secretarias especiais e, respondendo a elas, outras 17 secretarias.

Até o dia 3, apenas Guedes, Cintra e Marcelo Guaranys (secretário-executivo) tinham suas nomeações oficializadas em Diário Oficial. Guedes comandará a atual “superpasta” direto da sede do antigo ministério da Fazenda, que foi comandado por último por Eduardo Guardia.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *