Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Férias de 60 dias dos servidores custam R$ 4 bilhões

As férias de 60 dias dos servidores federais custam R$ 4 bilhões por ano, sendo que os principais beneficiados são membros do Judiciário e do Ministério Público, que devem ficar de fora do texto da reforma administrativa. Segundo levantamento da Associação Contas Abertas, somente o pagamento do adicional de 1/3 de férias pelo Judiciário federal somou R$ 578,7 milhões em 2018.

“O Estado brasileiro é paquidérmico, patrimonialista, corporativo, ineficiente e caro. Tem gorduras, nos três poderes, que não serão eliminadas com um simples regime. Será preciso uma lipoaspiração ou até uma cirurgia bariátrica”, afirma o secretário-geral da Contas Abertas, Gil Castelo Branco. “Já não basta reduzir diárias, passagens aéreas, valor de contratos de limpeza e vigilância. Estas despesas até vêm sendo reduzidas ano a ano em decorrência da crise fiscal. Mas agora é necessário mexer na estrutura de gastos”, completa.

A regra dos 60 dias de férias vale para os membros do Ministério Público e do Judiciário, tanto nos Estados quanto no governo federal. Representantes dessas categorias justificam a necessidade de um período maior de descanso por causa da alta carga de trabalho.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *