Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Famílias aumentam uso do cheque especial

As famílias brasileiras aumentaram o uso do cheque especial durante a crise econômica e estão pagando juros de mais de 300% ao ano, segundo informações divulgadas pelo Banco Central. Nesse cenário, o saldo total de crédito no cheque especial subiu 11,6%, para R$ 26,14 bilhões e, no rotativo do cartão, a alta foi de 18,5%, para R$ 39,78 bilhões.

“Não gostamos de ver o crescimento do saldo do cheque especial, porque ele tem que ser usado de maneira emergencial”, pontuou o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, durante a apresentação dos números. “E, mesmo com a redução da taxa de juros em agosto, o cheque especial continua sendo uma modalidade extremamente onerosa. A recomendação é não usar o cheque da mesma forma que se usa as outras linhas de crédito”, completa.

Pelas condições atuais, quem fica devendo R$ 5.000 no cheque especial vê a obrigação subir para R$ 5.620 em um mês. “As pessoas estão usando mais o cheque especial pelas razões de sempre: ou houve uma despesa inesperada, ou houve falha de planejamento financeiro”, comentou Rocha. “Outra explicação é a possível ampliação do próprio limite de crédito”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *