Insira sua pesquisa e pressione ENTER

FALTA DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO AFETA STARTUPS   

Um levantamento produzido pelo escritório Nogueira, Elias, Laskowski e Matias Advogados (NELM) indicou que 45,9% das startups do País sofreram algum impacto negativo motivado pela falta de um planejamento tributário eficiente. A pesquisa analisou 108 startups em vários estados do Brasil. 

Além disso, 53,85% afirmaram que foram surpreendidas por tributos que já existiam e 29,5% relataram perdas devido a escolha errada de métodos fiscais para a análise dos impostos e de regime fiscal. De acordo com Benny Willian Maganha, da ND&M advocacia, um planejamento tributário é muito mais do que simplesmente controlar os impostos pagos. 

“Ao contrário do que alguns pensam, o planejamento tributário é muito mais do que apenas cumprir as obrigações fiscais em dia e anotar as receitas e despesas em planilhas. É necessário literalmente planejar, e para isso é preciso conhecer, analisar, estudar e verificar todas as formas existentes de tributação que envolvem o seu negócio”, informa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *