Insira sua pesquisa e pressione ENTER

EUA adicionam recursos para conter imigração

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, anunciou que o país está adicionando US$ 1,9 bilhão do setor privado ao programa que visa conter a migração na América Central, depois que México, Honduras, Guatemala e Bolívia boicotaram à Cúpula das Américas. Isso ocorreu porque esses países protestaram contra exclusão da Nicarágua, Venezuela e Cuba, cujos governos são considerados “ditaduras” pela Casa Branca.

Ao longo do ano passado, a vice-presidente convocou CEOs e líderes filantrópicos para avançar nesse esforço, e o fará novamente à margem da Cúpula das Américas em Los Angeles em eventos organizados pela Parceria para a América Central e Câmara do Comércio. Começando com apenas 12 empresas e organizações, o Call to Action agora inclui 40 empresas e organizações que se comprometeram a investir na região, representando serviços financeiros, têxteis e vestuário, agricultura, tecnologia e telecomunicações e organizações sem fins lucrativos. Além disso, o Call to Action gerou uma nova colaboração entre as empresas participantes, aumentando ainda mais o impacto da iniciativa.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *