Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Especialista defende carga horária de 5 horas

O especialista Stephan Aarstol, que é o fundador e CEO da Tower Paddle Boards, defende a utilização de um turno de cinco horas para os funcionários, programa que implantou na sua empresa. De acordo com ele, esse modelo não serve para todas as organizações, mas apenas em alguns setores.

“O que eu defendo na Tower é que o turno de 5 horas por dia é a peça principal. Eu não estou dizendo que todos os negócios e lojas deveriam abrir apenas 5 horas. Isso depende muito mais do tipo de negócio. Muitas pessoas assumem que só porque elas têm uma loja, elas devem ficar abertas o tempo todo, quanto mais melhor, mas esse não é o caso. Nós provamos que você pode se livrar daquela mentalidade sem fazer com que tudo dê errado”, comenta.

Segundo o especialista, na sua empresa, foi bastante simples comprovar que o modelo funciona. “É muito transparente para perceber os ganhos na produtividade em determinadas áreas do nosso negócio. Outras áreas são menos visíveis, mas eu afirmaria que nelas é ainda mais significativo. Essa mudança para um turno de cinco horas foi baseada principalmente em evidências empíricas minhas enquanto empresário e dos meus colegas”, indica.

“Nós mudamos o atendimento para das 8 da manhã à 1 da tarde, mesmos dias. Se compararmos maio de 2015, um mês antes da mudança de turno, versus maio de 2016 (um ano depois do experimento) nosso número de visitantes únicos no site manteve-se constante em 36 mil. E continuou assim nos últimos quatro anos”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *