Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Economia reduz previsão para o PIB

O ministério da Economia acabou reduzindo a sua previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, saindo de 5,3% para 5,1%. Nesse contexto, outras expectativas para a economia também foram atualizadas, como a inflação, que deve ser de 9,7% ao fim de 2021.

“Entre fatores positivos para impulsionar o crescimento em 2021, elencam-se o bom carregamento estatístico de 2020, a taxa de poupança elevada, a rápida recuperação do investimento, o mercado de crédito robusto e a recuperação dos serviços. Ao mesmo tempo, existem riscos neste ano, notadamente o risco hídrico e o risco de um eventual recrudescimento da pandemia. As projeções de crescimento para 2022 fundamentam-se em dados positivos do mercado de trabalho, que vem se recuperando da queda na pandemia, e no alto volume de investimento contratado para o ano que vem”, informa o relatório.

Além de observar os números do crescimento, é importante atentar-se para a sua qualidade. “Com reformas pró-mercado e consolidação fiscal, o governo está lançando as bases para crescimento econômico de melhor qualidade e sustentável de longo prazo”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *