Insira sua pesquisa e pressione ENTER

E-commerce dispara no Brasil

O comércio eletrônico está crescendo bastante no Brasil, principalmente com a quarentena, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). De acordo com os dados, as vendas online apresentaram um aumento de 180% em transações nas últimas semanas.

Para André Dias, diretor executivo do Compre&Confie, o faturamento atingiu R$ 20,4 bilhões, representando uma alta de 26,7% em relação ao mesmo período do ano passado. “A COVID-19 já provoca mudanças estruturais no hábito dos consumidores de varejo digital. Com as medidas de isolamento implantadas no fim do mês de março, cada vez mais pessoas optam por adquirir pela internet itens de necessidade básica, como produtos de supermercado ou de farmácia. Enquanto isso, itens de maior valor agregado, como eletrônicos, ficam em segundo plano. Essa conjuntura ajuda a explicar a queda do tíquete médio no período”, explica.

Os segmentos que mais cresceram, segundo a Konduto, foram brinquedos (com um crescimento de 643,05%); supermercados (448,09%); artigos esportivos (187,90%); farmácia (74,70%); games online (58,46%) e aplicativos de entrega (55,66%). “O crescimento de segmentos que vendem produtos básicos online, como farmácias e supermercados, já era esperado diante das medidas de quarentena e isolamento. Por outro lado, os consumidores se preocuparam em garantir entretenimento para todas as idades no período, vide o avanço de brinquedos e games online”, diz Tom Canabarro, CEO e cofundador da startup.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *