Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Desemprego sobe no fim de setembro

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid) semanal, iniciada em maio pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que a taxa de desemprego no País subiu a 14,4% na quarta semana de setembro, o maior resultado já alcançado desde o início da pesquisa. “A população ocupada vinha crescendo e nessa semana teve uma variação negativa. É muito difícil afirmar que postos de trabalho foram destruídos. A expectativa para esse fim de ano seria a partir de agora que a ocupação passasse a aumentar, devido às festas de fim de ano, de Natal”, disse Maria Lucia Vieira, coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE.

A população desempregada foi estimada em um recorde de 14 milhões de pessoas entre os dias 20 e 26 de setembro, cerca de 700 mil a mais que o registrado na semana anterior. “É muito volátil. A tendência é a desocupação aumentando, sim, mas tem uma tendência de aumento da população ocupada desde meados de julho”, ponderou a coordenadora do IBGE.

“A divulgação mensal já respondia (sobre o mercado de trabalho) de forma mais rápida que a Pnad Contínua”, frisou Maria Lucia.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *