Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Déficit das contas externas chega a US$ 2,8 bilhões

As contas externas do Brasil chegaram a um deficit de US$ 2,8 bilhões em março, segundo um relatório divulgado pelo Banco Central (BC). O Valor caiu 46,2% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando o saldo negativo foi de US$ 5,2 bilhões.

“As transações correntes do balanço de pagamentos registraram déficit de US$2,8 bilhões em março de 2022, ante déficit de US$5,2 bilhões em março de 2021. Na comparação interanual, houve aumento de US$6,6 bilhões no saldo da balança comercial de bens, parcialmente compensado pelas elevações de US$2,8 bilhões no déficit em renda primária e de US$1,1 bilhão no déficit em serviços. O déficit em transações correntes nos doze meses encerrados em março de 2022 somou US$23,5 bilhões (1,41% do PIB), ante US$26,0 bilhões (1,59% do PIB) no mês anterior e US$22,8 bilhões (1,62% do PIB) em março de 2021”, comenta.

A balança comercial de bens registrou superávit de US$6,1 bilhões em março de 2022, ante saldo negativo de US$514 milhões em março de 2021. “As exportações de bens totalizaram US$29,7 bilhões, enquanto as importações somaram US$23,6 bilhões, incremento de 21,1% e redução de 5,8% em comparação a março de 2021, respectivamente. As importações no âmbito do Repetro somaram US$153 milhões em março de 2022 (US$6,5 bilhões em março de 2021). Excluindo-se as operações do Repetro, a comparação interanual das importações registrou incremento de 26,3%”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *