Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Crise expôs oportunidades de inovação

A crise provocada pelo novo coronavírus acabou expondo novas oportunidades para o ambiente de inovação no Brasil, segundo afirmou Bruno Rondani, fundador e CEO da 100 Open Startups, em um texto que foi publicado no portal especializado Whow!. Com isso, ele explica que o investimento em startups, ao contrário das expectativas, está em alta.

“Hoje, o investimento em startups vem de diversas fontes. Sejam empresários que estão se somando a investidores-anjo, grandes empresas que percebem a urgência da inovação e encontram, nas startups, soluções para seus desafios, ou fundos de venture capital que, após um período de reavaliação necessário – e que durou pouco tempo –, já conseguem identificar onde estão as melhores oportunidades: as mais resilientes à crise, as que trazem, inclusive, soluções para o que vai ser esse mundo pós-crise, ou a retomada esperada após esse período”, comenta.

Além disso, muitas startups que tinham, eventualmente, um bom desempenho, e que não necessariamente precisariam de captação, perceberam rapidamente a mudança no cenário do mercado, realizaram uma mudança também em seus negócios e então passaram a demandar capital e foram atrás desses investidores. “Na outra ponta, os investidores percebem não apenas a resiliência dessas startups, mas também a saúde que esses negócios já tinham antes da crise”, completa.

“São startups que conseguiram, apesar de um baque momentâneo, mostrar que são soluções até mais promissoras e, consequentemente, mais atraentes para investimentos. Afinal, é em momentos como esses que surgem grandes ideias, que quebram paradigmas”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *