Insira sua pesquisa e pressione ENTER

CRÉDITO HABITACIONAL PARA CLASSE MÉDIA TERÁ JURO MAIS ALTO QUE “MINHA CASA, MINHA VIDA”

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que o crédito habitacional do banco para a classe média passará a ter uma taxa de juro de mercado, ou seja, maior do que o encontrado no programa “Minha Casa, Minha Vida”, que era utilizado até o ano passado. No entanto, as taxas para os mais pobres não serão reajustadas.

“O juro não vai subir para o Minha Casa Minha Vida. Se hoje você tem zero de empréstimo para pessoas de classe média, não vai ser os juros de Minha Casa Minha Vida, porque juros de Minha Casa Minha Vida é para quem é pobre. Para quem é classe média, tem que pagar mais, ou vai buscar no Santander, no Bradesco e no Itaú. Na Caixa, vai pagar juros maior do que o do Minha Casa Minha Vida, certamente, e vai ser juros de mercado”, comenta.

Segundo ele, a decisão foi tomada porque as fontes de recursos do FGTS e da poupança, que alimentam os financiamentos habitacionais do banco, estão no limite. Sendo assim, ele estuda uma securitização de parte da carteira de crédito da Caixa.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *