Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Coronavírus impacta investimentos em startups

Diante da pandemia do novo coronavírus, que foi decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), as startups também podem sofrer para levantar capital, segundo afirmou João Gabriel Chebante, CEO da Sucellos e especialista em venture capital. De acordo com ele, as empresas mais prejudicadas serão aquelas que dependem de dinheiro no curto prazo.

“O mercado de venture capital não se precifica com valor presente. Quem está colocando dinheiro hoje, está pensando em 2025, 2030. Então esse prisma de longo prazo blinda um pouco o mercado”, comenta. “Quem precisa de dinheiro no curto prazo, no entanto, vai sofrer mais. É o caso das startups em estágio pré-seed ou seed, que são rodadas que demandam mais investimentos de pessoas físicas do que de pessoas jurídicas”, completa.

O especialista explica que cada vez mais as startups vão ter que apresentar bons fundamentos práticos dos negócios. “Não adianta fazer um valuation lastreado no projeto futuro da empresa. Ela já vai precisar ter geração de caixa e perspectiva de lucro em algum momento. O crescimento vai ter que ser mais coeso, então acho que pode haver uma conscientização maior do mercado financeiro para aportar nesses projetos”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *