Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Coronavírus: China pode reduzir importações de soja

Os efeitos do coronavírus já começam a ser sentidos na economia – e o problema diz muito respeito ao agronegócio brasileiro. Analistas de JC Intelligence Shangai (da China) reduziram em 2,7 milhões de toneladas sua projeção de importações de soja pelos asiáticos na temporada 2019/2020. Com isso as compras chinesas projetadas pela Consultoria ficariam em 91,5 milhões de toneladas.

“Mesmo assim um volume claramente superior ao esperado pelo governo Chinês e pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). Teve bastante chuva principalmente na virada do mês de janeiro para fevereiro, que perdurou quase 10, 15 dias de fevereiro, em Santos e
Paranaguá, o que impediu o fluxo ideal de embarcações nos portos”, apontam os analistas de mercado da T&F Consultoria Agroeconômica.

Mesmo assim, foi intensa a atividade de compras da China na última sexta-feira (21.02), estimada em 20 navios cargos da América do Sul, dos quais 19 do Brasil e ao menos um cargo da Argentina. O mercado pra exportação esteve bastante aquecido no Sul do País. Já o mercado interno se apresenta mais pontual, mais com preços elevados.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *