Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Conheça o perfil das healthtechs no Brasil

Em 2018 o Brasil tinha 248 startups de saúde mapeadas e ativas e, em 2019 esse número havia crescido para 386. Em 2020 o país já conta com 542 healthtechs catalogadas ― ativas e verificadas ―, que receberam mais de US$ 430 milhões em fundos de Venture Capital nos últimos anos. Dessas 542 healthtechs, cerca de metade têm menos de 5 anos de lifespan, indicou o portal especializado Whow!.

“O hub Distrito Adtech lançou um mapeamento recente sobre as healthtechs brasileiras em 2020, com tendências e estatísticas atualizadas para a realidade da pandemia e todas as suas transformações. O Sudeste é o estado que concentra a maior parte das healthtechs do Brasil: 64% delas estão no Sudeste, sendo 43,1% delas apenas no Estado de São Paulo. O Sul é a segunda região mais abundante, com 23,7%”, comenta.

A categoria mais comum dentre as startups de saúde brasileiras é a gestão, podendo abranger gestão de hospitais, clínicas, laboratórios ou exames. “Em seguida o estudo revela a categoria de serviços de prontuários eletrônicos como a segunda mais presente nas healthtechs”, conclui.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *