Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Conheça a moeda digital que quer conter mudanças climáticas

A Universal Protocol Alliance (UPA), a organização guarda-chuva das principais empresas de blockchain, lançou o Bitcoin Zero (BTC0). Bitcoin Zero é um token que consiste em um BTC mais a retirada de 10 toneladas de carbono representado por 10 tokens de Carbono Universal (UPCO2), ou seja, uma moeda digital que visa conter as mudanças climáticas.

Dessa forma, quem adquirir a criptomoeda terá Bitcoins e, ao mesmo tempo, estimulará a demanda por créditos de carbono voluntários. Juan Pablo Thieriot, CEO da Uphold ficou entusiasmado com a possibilidade de que, “além de todos os benefícios que já conhecemos, a criptografia pudesse ser usada para salvar as florestas tropicais”.

Duas semanas atrás, a Universal Protocol Alliance lançou o Universal Carbon (UPCO2), o primeiro token de crédito de carbono do mundo. Cada token representa uma tonelada de poluição de CO2 evitada por um projeto certificado de REDD +, que evita a perda ou degradação da floresta tropical. Além disso, cada Token é apoiado por uma Unidade de Carbono Verificada [VCU], um certificado digital emitido pela Verra e outras agências de padrões internacionais, que permite que projetos certificados convertam suas reduções de gases de efeito estufa (GEE) em créditos de carbono negociáveis.

“Depois que digitalizamos com sucesso os créditos de carbono da floresta tropical, nossa equipe perguntou: O que podemos fazer agora para aproveitar esta grande oportunidade com esta nova ferramenta que criamos? Foi assim que me apresentaram o conceito de Bitcoin Zero, e fiquei totalmente surpreso”, disse Matthew La Merle, presidente da Universal Protocol Alliance.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *