Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Combate de ódio do Facebook não reconhece português

De acordo com Frances Haugen, ex-gerente de produtos do Facebook que vazou diversos documentos internos da empresa, o mecanismo de combate ao discurso de ódio da rede não reconhece idiomas de fora da América do Norte. Ela concedeu uma entrevista à Folha de S.Paulo.

“Uma das coisas que mais dissemina conteúdo violento é o fato de pessoas o recompartilharem em grandes grupos. Ele viraliza dessa forma. Desconfio que o português do Brasil não seja bem amparado pelos sistemas de segurança”, afirmou.

No entanto, o Meta, companhia que controla o Facebook, falou com o portal Poder360. “Temos especialistas brasileiros em diferentes localidades e baseados no país, e temos feito investimentos significativos em pessoas e tecnologia para aplicar nossas políticas em dezenas de idiomas, incluindo o Português”, indicou.

(Equipe do site)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *