Insira sua pesquisa e pressione ENTER

CHINA LANÇA SISTEMA DE CONTROLE TOTAL DOS CIDADÃOS

A República Popular da China acabou por implantar um novo sistema de controle dos seus cidadãos chamado de Sistema de Crédito Social. A partir dele, todos os atos dos chineses valerão pontos e podem resultar em perdas de direitos e também diminuição na possibilidade de realização de projetos.

Informações indicam que os cidadãos que levarem multas de trânsito, desrespeitarem ordens judiciais, fumarem em locais proibidos, acumularem dívidas, recusarem ingressar no serviço militar obrigatório ou postarem notícias falsas online, entre tantos outros critérios, podem ter seus créditos reduzidos. Nesse cenário, é possível que até 2020 todos os chineses estejam obrigatoriamente monitorados pelo sistema.

As empresas também serão vigiadas e as boas avaliações serão recompensadas com oportunidades de negócios vantajosas com o governo chinês. No entanto, se as notas forem ruins as companhias correm o risco de serem banidas do país por tempo indeterminado.

De acordo com Kerry Brown, especialista em política chinesa e diretor do Instituto Lau China da Kings’ College de Londres, o sistema certamente já tem impacto na vida das pessoas. “O impacto absoluto ainda é desconhecido, mas pode ser muito intimidador e injusto. Algumas pessoas já estão se comportando de forma mais cuidadosa ou estão assustadas porque ainda não sabem o que pode prejudicar suas pontuações”, comenta.

O governo argumenta que o objetivo do projeto é a manutenção da “construção da sinceridade social, nas relações governamentais e comércio, além da credibilidade judicial”.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *