Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Cães podem identificar coronavírus, diz estudo

Uma pesquisa realizada na Alemanha pela Universidade de Medicina Veterinária de Hannover, publicado na revista BMC Infectious Diseases, confirmou a hipótese de que os cães podem sim identificar pessoas que estão infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19). Segundo os investigadores, animais treinados têm a capacidade de aprender em apenas oito dias a distinguir pessoas doentes com Covid-19.

De acordo com o que Esther Schalke, especialista em comportamento animal, e membro das forças armadas alemã, disse, num comunicado emitido à imprensa, a identificação de cheiro nos cães é bastante mais eficaz do que podia se esperar. “Todavia, ficamos surpreendidos com a rapidez com que os nossos cães poderiam ser treinados para detetcar amostras de indivíduos infectados pelo SARS-CoV-2”, contou Schalke.

SegundoHolgerA. Volk, presidente do departamento de medicina e cirurgia de pequenos animais da Universidade de Medicina Veterinária de Hannover, “construímos uma base sólida para estudos futuros explorarem o que os cães fazem e se podem ser usados para discriminar também entre diferentes estágios de doenças”.

Para realizar a pesquisa, os investigadores usaram oito cães especializados em deteção de odores. Depois do treino, estes conseguiram reconhecer com precisão 94% das 1.012 amostras de saliva ou secreções da garganta de doentes com Covid-19.

“Acreditamos que isso funciona porque os processos metabólicos no corpo de um enfermo são completamente alterados, e o cão é capaz de detectar um odor específico dessas alterações”, explicou a professora Maren von Köckritz-Blickwede, especialista em bioquímica de infecções.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *