Insira sua pesquisa e pressione ENTER

Cada anjo aplica R$ 36 mil em uma startup no Brasil

Uma pesquisa realizada por uma união entre as maiores redes de investimento-anjo no Brasil mostrou que, em média, cada investidor aplica R$ 36 mil em uma startup no país, sendo que o investimento mínimo foi de R$ 15 mil, e o máximo, de R$ 75 mil. O investimento-anjo é realizado por pessoas físicas que, além de aportarem capital, colaboram com os empreendedores, com seu conhecimento e rede de relacionamento.

“Quando analisamos os investimentos feitos pelas redes, o valor varia entre R$ 150 mil e R$ 1,5 milhão, mas os mais comuns giram em torno de R$ 400 mil a R$ 800 mil. 87% das redes de investidores-anjos disseram dar preferência a investimentos em empresas em estágio de tração ou de primeiros clientes, enquanto 53% também demonstraram interesse em scale-ups. Apenas 20% afirmaram investir nas empresas em fase de ideação”, informou o portal especializado Whow!, que obteve acesso à pesquisa.

De acordo com a diretora-executiva da rede Anjos do Brasil, Maria Rita Spina Bueno, com R$ 600 mil, por exemplo, uma startup nessas fases consegue fazer muita coisa e até seguir para o próximo estágio. “Ao olhar o tíquete médio por investidor, quebra-se o mito de que é preciso grandes fortunas para investir em uma startup. Claro que não se trata de um valor insignificante, mas é uma quantia que viabiliza a entrada de muitas pessoas como investidores em startups”, completa.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *