Insira sua pesquisa e pressione ENTER

BRASILEIROS CRIAM DRONE COM RECONHECIMENTO FACIAL

A equipe Black Bee da Universidade Federal de Itajubá, em Minas Gerais, criou um sistema de reconhecimento facial para drones. O mecanismo é muito semelhante aos sistemas de vigilância utilizados no exterior.  

A ideia da Black Bee é produzir um drone autônomo, que só precisará da ajuda de um ser humano na hora da decolagem, capaz de reconhecer situações e tomar atitudes que procuram resolvê-la. O experimento apresentado até então já consegue detectar objetos e fazer o reconhecimento facial. 

Após os dados da pessoa serem apurados, o drone os envia para um computador de bordo onde serão processados. Se a situação for encarada como suspeita, o dispositivo é programado para perseguir o indivíduo pelo espaço. Além disso, os criadores demonstraram que o veículo aéreo não tripulado consegue não só reconhecer objetos na sua frente, como dar giros completos, entre outras manobras que buscam ampliar o campo de visão. 

Por enquanto o drone da Black Bee não está atuando nas ruas, somente em campeonatos mundiais onde os competidores encaram situações de emergência. 

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *